Banana Nanica

É o tipo mais popular no Brasil. O fruto é longo (em média 17 cm), encurvado e bastante adocicado. A casca é fina e amarelo-esverdeada. Cada 100g tem 87 calorias, sendo que um a banana pode pesar até 200g.

O nome vem do tamanho reduzido da bananeira, característica que lhe confere estabilidade contra ventos fortes. Também conhecida como banana d?água, banana caturra, banana da china, banana anã, banana chorona.

Banana Prata

O fruto é reto, medindo entre 10 e 18 cm, possui cinco faces e pontas bem marcadas. Em relação à nanica, sua casca é mais grossa e sua polpa mais ácida e consistente, sendo bastante indicada para fritar ou fazer bananada. Cada 100g tem 89 calorias. Também é mais durável, podendo ser consumida até quatro dias depois de amadurecer. Conhecida também como banana-anã-grande ou camboteiro.

Banana da Terra

É a maior banana do Brasil, podendo chegar a 30 cm de comprimento e pesar até meio quilo. Uma de suas faces é bastante achatada e sua casca é amarelo escuro com manchas pretas, quando madura. A polpa é firme e pouco doce, devido à alta concentração de amido, sendo melhor consumi-la frita, assada ou cozida. Contém 122 calorias a cada 100g, e grande concentração de vitaminas A e C. Também é conhecida por banana-chifre-de-boi, banana comprida ou pacovan.

Banana Maçã

É um dos tipos mais apreciados, pelo sabor adocicado. O fruto é curvo e tem tamanho médio, podendo atingir 15 cm. Sua casca amarela clara é fina, o que a faz despencar com facilidade. Cada 100g contém 100 calorias e seu consumo é indicado para crianças e idosos, pois é a variedade de digestão mais fácil. O nome vem do aroma da fruta, que lembra maçã. Também é conhecida como banana branca, por causa da cor da polpa.

Banana Ouro

Com menos de 10 cm e 50g, é a menor banana brasileira. É encurvada e cilíndrica, com casca fina e de tom amarelo vivo, de onde deriva o nome “banana-ouro”. É bastante aromática e adocicada, contendo, em contradição a seu pequeno tamanho, a maior quantidade de calorias: 158 calorias em cada 100g. Também conhecida por inajá, banana-dedo-de-moça, banana mosquito ou banana imperador.

Banana São Tomé

A mais exótica tem casca roxa, mas há também outro tipo, de casca amarela, ambas curtas e de diâmetro amplo. A polpa é doce, amarelada e exala um cheiro forte, sendo por isso mais indicada para fritar ou cozinhar. É rica em carotenóides, chegando próxima aos valores encontrados na cenoura. Seu nome remete à sua origem africana, de São Tomé e Príncipe, mas é também conhecida como banana roxa, banana curta e banana do paraíso.

Banana Figo

É uma variedade mais rara, de tamanho menor que a banana da terra, mais gorda, de casca grossa e manchada e polpa doce. Muito indicada para a fabricação de compotas, contém 105 calorias em cada 100g. Também é conhecida como banana-marmelo, jasmim ou tanga.